Home > Geral > PC divulga foto do suspeito de matar agricultora encontrada em caixa d´água em Minaçu; crime revolta moradores
Foto:Foto: Reprodução – Redes Sociais)

PC divulga foto do suspeito de matar agricultora encontrada em caixa d´água em Minaçu; crime revolta moradores

A Polícia Civil divulga a imagem de Sindronio Alves de Lima, de 47 anos, suspeito de matar a agricultora encontrada seminua e com a cabeça mergulhada em uma caixa d’água no assentamento Dom Roriz, em Minaçu, região norte de Goiás. Neurice Torres, de 53 anos, foi morta no domingo (11). O suspeito segue foragido pelo crime de feminicídio.

Segundo a polícia, vítima e suspeito já foram casados, mas estavam separados. No entanto, Sindronio não aceitava o fim do casamento e procurava a agricultora com frequência na intenção de ter relações extraconjugais. Neurice, conhecida no assentamento como “Dona Neura”, negava o pedido do ex-marido, que já estava casado com outra mulher.

Investigações apontam que a mulher teria sido morta após negar nova proposta de relação extraconjugal. Sindronio está foragido desde a data do crime. A polícia solicita a ajuda da população para conseguir informações sobre o paradeiro do suspeito e disponibiliza os contatos (62) 3379-1263 e (62) 98524-4339.

Mais detalhes sobre as circunstâncias da morte ainda não foram divulgados. O corpo de Neurice foi levado passa por exames cadavéricos.

Comoção

A morte da trabalhadora trouxe revolta e comoção aos moradores e agricultores da região.

“Dona Neura era um exemplo de dedicação e amor com a terra e uma grande defensora da agroecologia. Era uma guardiã do Cerrado e possuía uma pertença ao MST que inspirava a todos. Um de seus maiores orgulhos era que todos seus filhos estão estudando graças à luta popular”, diz a nota do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Goiás (MST).

“Nossa companheira Neura nos deixa o testemunho de luta, de alegria e de justiça para os empobrecidos que atuam para conquistar e permanecer na terra. A violência que a levou atingiu todas nós, mulheres em luta, e não podemos permitir que o machismo mate a alegria do povo”, lamentou a Comissão Pastoral da Terra. Fonte: Mais Goiás

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.